Real Time Web Analytics

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Viver é um aprendizado diário



A vida está sempre nos surpreendendo, sempre nos ensinando, nos auxiliando a vencer cada dia com leveza, apesar de toda a dureza à nossa volta, se nós deixarmos e procurarmos ver sempre o lado bom de tudo e todos.

Meu marido costuma dizer que “as coisas tem o peso que a gente dá”. E cada dia que passa tenho procurado ser leve, levar a vida e seus lemas e dilemas com leveza. Aproveitar cada momento como se eu fosse morrer amanhã, e isso tem me feito muito bem.

Hoje, após o trabalho eu fui à casa de uma amiga, ela mora com a mãe, uma senhora educadíssima, refinada, prendada, culta e linda, como ela é linda e o filho, que além de inteligentíssimo, talentosíssimo é lindo de viver, como dizia nossa saudosa Hebe Camargo.

Da minha amiga, sou suspeita para falar, eu simplesmente amo-a, na verdade, eu amo ela, isso mesmo, amo ela, pois dizer amo-a ou amo-te como sugere a Língua Portuguesa culta nem parece que é amor.

Chegando ali tinha uma mesa posta, tudo perfeitamente organizado, dos jogos americanos aos guardanapos, tudo tão delicadamente arrumado e de bom gosto, que de cara já me senti acolhida, abraçada e à vontade. E as comidinhas, cada coisa mais deliciosa que a outra, para variar comi horrores, como eu amo comer, e, infelizmente, não tenho regra de etiqueta para comer, se fui convidada, a pessoa preparou tudo para mim, penso eu cá, em minha vasta ignorância, que o mínimo que eu posso fazer para agradar é desfrutar dos prazeres que a mesa me oferece, então eu como, como salgado, doce, depois salgado, depois doce novamente e assim caminha a humanidade.

Permaneci umas duas horas na casa dela, conversamos, rimos, nos divertimos, vimos o meu álbum de formatura, jogamos a famosa conversa fora. Perguntem-me se eu queria estar em outro lugar que não fosse lá? Não, eu queria estar entre eles, e é isso uma das coisas que a maturidade me trouxe, ela me ensinou nestes 37 anos a desfrutar de cada minuto da vida, pois ele é único e não volta mais, como diz o filósofo Heráclito: “ninguém toma banho duas vezes no mesmo rio”.

Nem sei se este texto é texto de blog e para o blog, mas fiquei com vontade de dizer à todos os meus leitores, aproveitem a vida, sei que isso é clichê, é coisa de gente velha, de gente que parece que vai morrer amanhã, mas é isso mesmo, vivam, divirtam-se, aproveitem a vida, pois "assim como um dia bem aproveitado proporciona um bom sono, uma vida bem vivida proporciona uma boa morte", já dizia Leonardo da Vinci.

Deus os abençoe!

Abraços meus amores!




4 comentários:

Anônimo disse...

Querida Erikita, gostei muito do que escreveu. Pois isto tem feito parte da minha vida. Viver o momento, ser feliz hoje, agradecer por tudo. O seu texto exemplifica exatamente isto. Temos que estar onde estamos e ser feliz com o que temos e agora. A 1a vez que fui a Barra Grande e me apaixonei pelo lugar, tinha uma plaquinha na pousada que dizia assim: "O melhor lugar do mundo é aqui e agora!"E é isto mesmo não? Desde então adotei esta filosofia de vida! Bjos e continue escrevendo...Cláudia Vasseur

retiro disse...

Erika, sou mto mais velha q vc, mas lendo seu texto, sinto q tenho mto o q caminhar. Vc tem luz própria. Bjs

Anônimo disse...

Gosto muito do que escreve,quero ler mais,mas, o tempo é meu inimigo.Particularmente,não gosto de ler na "máquina", mesmo porque, ele fica no meu trabalho. E não gosto de usar o portátil para esse fim. Já que considero uma obra de arte suas ELUCUBRAÇÕES. E como tal gostaria de saber se tem expresso em livro. E como é que eu faço para obter. Um abraço... ! Rildo Oliveira

Anônimo disse...

Kika, querida menina. Viver, sendo menina, é dádiva. Viver, sendo mulher, é experiência amorosa de vida. Viver sendo menina mulher é alegria. Quando se vive assim, estando focando o divino presente, sendo grata por todas as oportunidades de aprendizado e compartilhamento, a felicidade se revela em cada mínimo detalhe da vida e o coração cumpre o seu propósito. Que seu genuíno sorriso e o brilho do seu olhar preencham de luz e verdade as palavras do seu querer compartilhar. Bênçãos do céu! Cibele Caporali